Coral: Fora de casa, Santa Cruz vence Petrolina e vira líder do Pernambucano

124367
Jeremias fez um dos gols do Santa Cruz diante do Petrolina. / Foto: Bobby

Fora de casa e poupando os considerados titulares, o Santa Cruz venceu o Petrolina por 2×1 e chegou na liderança do Campeonato Pernambucano. Os gols foram marcados por Jeremias e Augusto.

Leston Júnior mandou à campo aqueles atletas em melhores condições físicas. Para o técnico, nada de utilizar o termo ‘time reserva’.

Durante a primeira etapa, poucas chances. Aos 11 minutos, Silas Gomes sentiu o tornozelo e deu lugar para Jeremias. Depois disso, outro susto. Em dividida pelo alto, o árbitro acabou alegando que Pipico agrediu o zagueiro adversário e aplicou o cartão vermelho no atacante coral.

Mesmo com um a menos, a equipe manteve a postura e não teve medo de atacar. Aos 47, em jogada individual de Raphael Soares, que cruzou na área, Jeremias apareceu bem entre os zagueiros e finalizou de primeiro, no canto do goleiro Pezão, abrindo o placar no estádio Paulo Coelho e descendo para os vestiários em vantagem.

O segundo tempo agitado. E bom para o Santa. Aos 14 minutos, Augusto foi derrubado dentro da área. Pênalti. Ele mesmo foi pra cobrança e fez o segundo gol coral na partida. Minutos depois, Lucão, zagueiro adversário, fez falta dura em Lucas Gonçalves e também foi expulso.

Quando tudo parecia tranquilo, um lance muito curioso ocorreu. Ataque do Petrolina, o zagueiro coral William ficou com a bola na área, mas aí o árbitro assinalou mais uma penalidade. Muitos ficaram sem entender. Mas, a infração, segundo a arbitragem, foi pelo fato de William ter entrado em campo sem autorização. O jogador estava sendo atendido fora de campo e deveria esperar. Confusão e gol dos donos da casa, que diminuíram o placar e fim de papo.

34

Assine agora mesmo nosso grupo no WhatsApp e seja o primeiro e saber de tudo!

ASSINAR GRUPO VIP GRÁTIS

- - anuncie aqui - -

Anuncie