Departamento de Esportes promove mudanças no Chãgrandense 2018

90289

O Departamento de Esportes reuniu no último sábado (20) as equipes participantes da edição 2018 do Campeonato Chãgrandense. Em pauta estiveram algumas alterações na competição, prevista para iniciar no dia 11 de novembro. A primeira delas foi a quantidade de equipes participantes, já que o certame passou de 10 para 12 times integrantes, com a adição de Grêmio e Capela.

A forma de organização da competição também mudou. Com 10 equipes, o Campeonato seria dividido em dois grupos com cinco times cada. Agora, um novo sorteio foi realizado, com a divisão em quatro grupos, com três times cada, classificando dois para a segunda fase.

O Grupo A ficou conhecido como o “grupo da morte” do Chãgrandense 2018. Encabeçado pela Baixada, atual campeã, tem ainda o Montreal, campeão da Copa Adelmar Fagundes, no primeiro semestre, e o Ipiranga, maior campeão, tendo levantado 12 troféus.

As demais chaves ficaram mais equilibradas, segundo os torcedores chãgrandenses. No Grupo B estão Vila Nova, Lajedo Grande e Grêmio. O Grupo C conta com Ipiranguinha, Renascer e Capela. Já o Grupo D tem o Guarani, o Independente e o Nacional.

Cidade x sítio – Entre participantes da zona rural e da cidade,a competição está empatada, com seis para cada lado. Nos participantes da zona rural, encontram-se representantes de Macacos, Mangueira, Freixeiras, Mutuns, Malhadinha e Lajedo Grande.

Musa – Uma das novidades da edição deste ano será a escolha da Musa do Campeonato. Cada equipe terá a participação de uma candidata, que será votada através da internet e de um corpo de jurados, organizado pelo próprio Departamento de Esportes. As três primeiras no ranking disputarão a grande final, com data ainda a ser divulgada pela organização.

79

Assine agora mesmo nosso grupo no WhatsApp e seja o primeiro e saber de tudo!

ASSINAR GRUPO VIP GRÁTIS

- - anuncie aqui - -

Anuncie